projeto

studio1cliente_p.png
studio1data_p.png
studio1localizacao_p.png
studio1area_p.png
studio1programa_p.png

Endutex Hotéis

Projeto 2015 | Execução 2021

Restauração de Fachada

xxm²

Av. Benjamin Constant 1891

studio1historico_p.png

O antigo cinema, fechado desde o início da década de 1990 teve seu corpo ( um galpão) totalmente demolido, restando apenas a fachada, que preservada, foi tombada como de interesse histórico cultural pelo município de Porto Alegre. Com a construção de um novo edifício que abrigará um hotel, que mantendo a fachada como um átrio da nova edificação como compatibilização, um projeto de restauração foi executado resgatando elementos originais, devolvendo a leitura arquitetônica de tão importante esquina cultural para o 4º distrito de Porto Alegre.

As obras de conservação e restauração aconteceram no período de início de janeiro de 2021 e final de maio de 2021 e compreenderam aproximadamente 600 m² de limpeza e intervenções pontuais no reboco. Na fachada , os trabalhos ficaram restritos a limpeza química e mecânica das superfícies, fixação e reintegração dos rebocos estáveis, com injeções químicas (técnica minimamente invasiva) e quando necessário, a reconstituição de trechos de grandes lacunas. A equipe multidisciplinar foi composta por arquitetos e restauradores artífices.

HISTÓRICO
O Cinema Theatro Orpheu foi mandado construir pela empresa Mendelski e Irmãos, gerida pelos senhores Miguel e Vitor Alexandre Mendelski, para ter a capacidade para 1891 lugares. A edificação foi projetada em 1922 por Eduardo Pufal e construída por seu irmão, o engenheiro construtor, João Luiz Pufal, sendo finalmente inaugurada no dia 03 de outubro de 1923 com a novidade de apresentar “funções noturnas” que intercalavam sessões de cinema com músicos e artistas.
A partir de 1963, passa a se chamar Cine Astor, nome pelo qual ficou mais conhecido e é ainda hoje lembrado, passando por uma reforma interna em que houve a divisão da sala, o que diminuiu a capacidade de público e externa, alterando consideravelmente a edificação, com a alteração do revestimento e a inserção de uma marquise em concreto. Encerrou suas atividades no ano de 1993.

A tipologia arquitetônica é eclética prevalecendo tendências clássicas e barrocas, típicas dos “cineteatros” da época. Tem destaque por sua implantação quase que de esquina sobressaindo sua fachada dotada de rica ornamentação que serve como ponto focal das perspectivas de avenidas que se encontram no cruzamento com a av. Benjamin Constant, a av. Cristóvão Colombo no sentido bairro-centro e a rua Cel. Bordini no sentido Moinhos - Floresta.
Em 2016, um levantamento cadastral foi realizado para a elaboração de um projeto para as intervenções de restauro. Esse projeto resultou nas diretrizes básicas nas quais a atual intervenção se desenvolvem.
Definições posteriores tais como a o traço da reconstituição do reboco e a proposta cromática definitiva foram discutidas e definidas durante a etapa prospectiva na execução da obra. Testes cromáticos foram realizados com cores compatíveis ao bem cultural e a tipologia arquitetônica de sua época.


Cine Astor

Patrimônio Cultural